O dilema da agenda cheia vs. produtividade



Imagina seu dia ideal de trabalho. Aquele dia cheio de reuniões que te deixa inspirada (o), tendo que se desdobrar para conciliar agendas de terceiros - como a de filhos, por exemplo - para dar conta de tudo; tendo que intercalar compromissos pessoais com profissionais de uma ponta a outra da cidade, às vezes até em outra.


Bom, se você empreende, pode ter se identificado.


E mesmo você que é registrado em uma empresa se vê engessado dentro de uma rotina corrida e cansativa, não é?


Sim, uma agenda cheia cabe na vida de todo mundo, gente. Tem dias que temos tanto a fazer, mas é tão, tão corrido que, no fim, vamos para casa com a sensação totalmente contrária de dever cumprido. Isso é uma agenda cheia.


Agora vamos falar de produtividade. O que é isso no fim das contas? O que é ser produtiva (o)? Quando eu falo de ser uma pessoa produtiva, eu não estou dizendo que preciso ter muitas coisas para fazer e, de fato, fazer todas elas. Ser produtiva para mim quer dizer fazer o máximo de tarefas que eu posso com alta performance, ou seja, com foco, no flow do trabalho, dando meu melhor, mesmo que seja pouco, mesmo que seja apenas para uma tarefa. Se eu tiver 5 compromissos em um dia, uma lista de 23 tarefas, e conseguir cumprir 3 coisas com alta performance, então eu posso dizer que fui produtiva.


A produtividade está nos pequenos detalhes, como arrumar uma cama, eliminar a louça acumulada, destralhar uma gaveta que há semanas só acumula coisa desnecessária. Pode ser também você ter cumprido todas as tarefas que se propôs a fazer e finalmente alcançar o Todoist Zero, conseguir lidar com todos os e-mails e mensagens atrasadas, estudar tudo aquilo que precisava e, de fato, absorver o conteúdo. Não necessariamente nessa ordem nem ao mesmo tempo; mesmo que você faça uma coisa de cada vez, no seu tempo, mas fizer com alta performance, você já está sendo produtiva (o). A equação é bem simples.


Eu sempre me pego pensando “poxa, hoje eu fui SUPER produtiva, eu lavei uma máquina de roupa, consegui organizar os armários do banheiro, fiz as rmamitinhas da semana e ainda consegui destralhar uma gaveta de coisas acumuladas. Ponto para a Corvinal!”.


Tem outro problema que percebo muito não só nas outras pessoas, mas até em mim. Muitas vezes a gente foca em fazer algo almejando o resultado final, mas sem aproveitar o processo. Produtividade tem muito disso também, porque se você não cumpre uma tarefa com foco e determinação e não absorve o que aquele momento/tarefa/compromisso tem para te ensinar, de que valeu seu tempo então?


A sugestão de exercício hoje é: vamos destralhar a agenda? Vamos deixar ali só o que realmente importa, priorizar, focar e partir para o ataque? Me contem depois como tem sido!


Me sigam no @organizadani

Um abraço e até a próxima!

2020. Organiza Dani. Feito com ♥ pelo Wix

Danielle Gomide Jorge | contato: daninhelle@gmail.com